Selecione uma Hortaliça

Busca

Araruta

Araruta

      Dita como uma hortaliça não convencional há controvérsias a respeito do centro de origem, mas é provável que seja da América do Sul. A araruta (Maranta arundinacea L.) é cultivada principalmente como fonte de amido, onde o rizoma contém além da fécula, celulose, albumina, açúcar, mucilagem e sais minerais. A espécie detém características que lhe confere utilidade na alimentação humana e animal, também artesanais, medicinais, produção de papel e finalidade ornamental.

     Considerado um alimento de fácil digestão, a fécula da araruta é usada no preparo de bolos, biscoitos e mingaus. Por essas características, é indicado para idosos, crianças pequenas e pessoas com debilidade física ou doentes em recuperação.                                                                                                                                                                                                                                            

     No Brasil tem uma ampla faixa de distribuição, desde o Nordeste até o Sul, onde o cultivo é predominantemente por agricultores familiares muitos deles caracterizados como populações tradicionais, e a maioria dos cultivos está estabelecida em pequenas lavouras para o consumo da própria família, sem nenhum apelo comercial.       

     A fécula de araruta, apesar de apresentar melhor qualidade física e nutricional, entrou em declínio nas últimas décadas principalmente devido à concorrência com a fécula de mandioca, a qual apresenta menores custos de produção.

 

SISTEMAS DE CULTIVO